O curso de estética da Fimi (Faculdades Integradas Maria Imaculada) de Mogi Guaçu, recebeu conceito 4 no reconhecimento feito pelo MEC (Ministério da Educação). Essa avaliação, vale ressaltar, vai de zero a 5 e leva em conta, principalmente, a capacidade do corpo docente, estrutura do curso, laboratórios, bibliotecas, dentre outros aspectos técnico-pedagógicos.

O curso de estética da Fimi tem apenas 5 anos de existência e conta com modernas instalações no campus da faculdade, inclusive com uma completa clínica de estética. A ex-aluna da primeira turma do curso, Elaine Cristina Reis, comemorou o conceito 4 obtido junto ao MEC.

“É um imenso orgulho para nós, da Fimi. A nota foi muito comemorada, pois reflete o empenho da direção da faculdade, do corpo docente e dos alunos em fazer desse curso uma referência regional”, observou.

Formada em estética e com MBA (Master Business Administration) em cosmetologia, a professora Jéssica Bordignon é outra entusiasta da boa avaliação recebida pelo curso da Fimi por parte do Ministério da Educação.

“É a validação de todo nosso esforço em dar o melhor aos nossos alunos, com um curso que está em constante atualização e com professores realmente comprometidos com o crescimento profissional dessas pessoas”, externou.

Jéssica lembra que o curso de estética da Fimi, além das disciplinas curriculares, também proporciona atividades extras aos alunos.

Ela cita, como exemplo, a participação dos universitários da Fimi na feira de exposição "Estética in SP", considerado um dos maiores eventos do setor da América Latina e do 5º Congresso Internacional Científico Multidisciplinar em Estética, realizados no início deste ano, em São Paulo.

 

PRÁTICA

Outro diferencial do curso, que Jéssica fez questão de ressaltar, é o estágio na clínica de estética já a partir do terceiro ano. “Aqui se aprende teoria, mas se aplica todo esse conhecimento na prática, em nossa clínica, atendendo a população”, disse.

Já a coordenadora do curso, a professora doutora Danyelle Cristine Marini, observa que a nota de avaliação do MEC foi um merecido reconhecimento ao excelente trabalho que vem sendo desenvolvido por professores, alunos e direção da Fimi.

Ela lembra que a grande maioria dos alunos da primeira turma já atua no campo da estética. “Temos certeza que estamos formando bons profissionais, conscientes, éticos e bem preparados para o mercado de trabalho. Hoje, já temos até alunos do primeiro ano que já trabalham na área”, salienta. 

 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin