Há arquitetos que podem construir cidades inteiras, assim como engenheiros conseguem ligar países e até continentes por túneis submarinos ou pontes espetaculares. Há médicos que operam verdadeiros milagres e cientistas que salvam milhares de vidas. Enfim, a humanidade está repleta de exemplos de  talentos que melhoram nosso dia a dia e que, ao mesmo tempo,  lutam pela construção de  uma sociedade mais justa e solidária.

Mas o que essas nobres almas têm em comum?  Todas, em algum momento da vida, foram inspiradas por mestres que desde a mais tenra idade, plantaram em suas mentes as sementes da curiosidade, do conhecimento. Ensinaram desde as primeiras letras até os cálculos mais difíceis. Foi assim como nossa querida professora Therezinha Perez, que nos deixou no último sábado (dia 13). 

Sem exageros, podemos chamá-la de professora das professoras, pois compartilhou com centenas de alunos o seu amor incondicional pela educação e seu entusiasmo ímpar pela pedagogia. Mesmo aos 92 anos, quando a maioria das pessoas já está aposentada, Therezinha ainda esbanjava entusiasmo nas Faculdades Integradas Maria Imaculada, onde coordenava os estágios das Licenciaturas (Pedagogia, História e Letras).

Esta educadora, que a tantos inspirou com seu coração enorme e mente brilhante, pode estar certa que seu legado será perpetuado dentro e fora das salas de aula por meio das centenas de alunas e alunos que ajudou a formar e com os quais socializou seu talento profissional! Só mesmo as almas iluminadas mantêm o brilho mesmo quando deixam esse plano. É que a luz do saber jamais se expira nos corações tocados por anjos!

 

Em nome desse amor à educação demonstrado por Therezinha Perez, homenageamos todos os mestres educadores neste dia 15 de Outubro pelo seu dia.