Para farmacêutico formado nas FIMI a qualidade do ensino contribui para ser um excelente profissional

Pedro Tiago Cezaretto Rostirolla, 32 anos, destaca a importância das FIMI na sua formação pessoal e profissional. Formado em dezembro de 2010, Pedro teve no início de 2011, a oportunidade de entrar na Cargill que é uma multinacional americana. “Por intermédio das FIMI aprendi que o profissional farmacêutico precisa se atualizar constantemente”, destaca.

Pedro relembra os tempos de quando iniciou a graduação em 2007 e faz questão de frisar que logo no início percebeu que seria um curso diferenciado. “A coordenadora Danyelle Marini prezava por um curso que garantisse uma formação completa para o farmacêutico em decorrência da importância desse profissional para a saúde da população”.

Para ele, as FIMI têm como maior diferencial a qualidade de ensino, no qual os professores são altamente qualificados e titulados na sua área de docência.

Ao lembrar-se da época da faculdade, Pedro destaca a união da equipe. “Tenho um enorme carinho por esta instituição. Foram quatro anos de convivência e amizade”.

Pedro destaca ainda a importância do aluno em participar de visitas e prestar serviços a comunidade.  “Desde o primeiro ano da graduação tivemos a oportunidade de realizar viagens e visitas de estudos para aprimorar os nossos conhecimentos. Outro ponto importante, foi a prestação de serviço junto a comunidade por meio de aferição de pressão, exame de tipagem sanguínea, exame de diabetes, no qual pudemos aplicar o conhecimento teórico aprendido na sala de aula com a prática, ajudando desta maneira o desenvolvimento humano do profissional farmacêutico”, finaliza.

Pedro hoje é Analista de Serviços Técnicos Pleno na Cargill Alimentos Ltda (Itapira). Em 2011, fez especialização em Sistemas de Gestão da Qualidade pela Unicamp e em 2013 iniciou o MBA em Gestão Industrial Farmacêutica pela Oswaldo Cruz.