VII MOSTRA ACADÊMICA NAS FACULDADES MARIA IMACULADA

Aconteceu no último dia 10 de abril de 2019, nas dependências das Faculdades Maria Imaculada a VII Mostra Acadêmica.
Com periodicidade anual, o evento consolida-se como importante para a Instituição, reunindo os cursos de graduação de Biomedicina, Estética e Farmácia. Tem como objetivo promover a integração entre estudantes, incentivar o desenvolvimento e a produção de trabalhos técnico-científicos nas áreas de conhecimento dos cursos e propiciar o desenvolvimento de habilidades relacionadas à elaboração e apresentação de trabalhos científicos e acadêmicos.

A VII Mostra Acadêmica da FIMI reitera o compromisso institucional de fomentar ações de ensino e extensão alinhadas aos propósitos vigentes no mundo contemporâneo.

 

Alunas de estética da Fimi participam de maior evento latino americano do setor em São Paulo

No último dia 7 deste mês, alunas do curso de graduação em estética da Fimi (Faculdades Integradas Maria Imaculada), estiveram em São Paulo, no Palácio das Convenções do Anhembi, visitando a feira “Estética in SP”, considerada um dos maiores eventos do setor da América Latina.

 

Sob a supervisão da professora Jéssica Bordignon, as alunas puderam conhecer o que de mais moderno existe, atualmente, na área de estética, além das tendências do setor para os próximos anos. Além disso, as melhores marcas de cosméticos, serviços e equipamentos para esteticistas, também estavam expondo na feira.

 

Muitos expositores também aproveitaram a visibilidade do evento para lançar novos produtos. Segundo Jéssica, foi uma excelente oportunidade para as alunas conhecerem novas tecnologias e produtos da área de estética.

 

Para a professora, a feira “Estética in São Paulo” cumpriu seu papel principal, ou seja, o de reunir profissionais da área, estudantes e investidores do segmento de estética, beleza e bem estar, com o objetivo de reciclarem de conhecimentos. “Foi uma experiência sensacional”, reforçou Jéssica.

 

Além de expositores, os mais renomados experts do setor, estavam reunidos na feira, durante, simpósios e cursos. Paralelamente à feira, que durou três dias, aconteceu o 5º Congresso Internacional Científico Multidisciplinar em Estética, onde foram apresentadas as mais recentes descobertas no campo da estética e da cosmetologia.

 

Também foram realizados o 5º Congresso Científico Internacional de Dermopigmentação, o 2º Congresso Lash Artist Brasil-Cílios e o 5º Fórum Brasileiro de Gestão de Negócios em Estética.

 

Educação Infantil: Professor da Fimi será uma das atrações em congresso da USP

O doutor em educação, Alex Barreiro, professor na Fimi (Faculdades Integradas Maria Imaculada), nos cursos de pedagogia, história e estética, será uma das atrações do VIII Copedi (Congresso Paulista de Educação Infantil) e VII Congresso Internacional de Educação Infantil a serem realizados de 16 a 18 deste mês na USP (Universidade de São Paulo).

Barreiro, que é mestre e doutor em educação pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), fará parte da mesa “A intersecção entre gênero, sexualidade, raça e classe social na educação infantil”, que ocorre no dia 17, a partir das 16h30. O convite para Barreiro partiu da coordenadora-geral do evento, Cleonice Tomazelli, que também preside o Fórum Paulista de Educação Infantil.

Pela sua bagagem e experiência no campo da educação, Barreiro é muito requisitado para ministrar palestras e participar de simpósios. O professor da Fimi, além de ser um dos maiores especialistas em educação do país, também é especialista em história pela PUC (Pontifícia Universidade Católica) de São Paulo, mesma faculdade onde se graduou nesta disciplina, em 2009.

Também é membro da  ACP (Associação Campinense de Psicanálise).  Para o diretor da Fimi, o professor e mestre Romildo Morelato Junior,  a presença de Barreiro no VIII Copedi e no congresso internacional de educação infantil só demonstra o alto nível do corpo docente das Faculdades Integradas Maria Imaculada. “Para nós, isso é motivo de muito orgulho”, ressaltou Morelato.

Psicopedagogia poderá ser obrigatória em escolas de SP

Os alunos matriculados no curso de pós-graduação em psicopedagogia da Fimi (Faculdades Integradas Maria Imaculada), em Mogi Guaçu, têm bons motivos para comemorar a escolha. É que tramita na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo), projeto de lei que, se aprovado e sancionado pelo governador João Dória (PSDB), poderá criar centenas de empregos na área de psicopedagogia.

De autoria do deputado estadual Márcio Nakashima (PDT), o projeto cria a necessidade das escolas da rede estadual de ensino contarem, em seus quadros profissionais, com os serviços de psicopedagogos, psicólogos, e assistentes sociais para atendimento prioritário de alunos e profissionais da educação presentes nessas unidades educacionais.

 

EMPREGOS

Levando em consideração que o Estado de São Paulo possui mais de 5,4 mil unidades educacionais, centenas de postos de trabalho para os cargos previstos nesse projeto poderiam ser criados. Ao todo, a rede de ensino estadual paulista conta com mais de 240 mil professores e 3,8 milhões de alunos.

Nakashima explica que, se sua matéria for aprovada pela Alesp, todo profissional da educação que notar alunos vítimas de bullying, depressão, hiperatividade, comportamentos violentos e outras formas de distúrbios psicológicos, deverá encaminhá-los à coordenação de ensino da escola que, por sua vez, indicará o atendimento psicológico ou psicopedagógico na própria escola.

 

VIOLÊNCIA

O objetivo principal da matéria, na visão de Nakashima, será sempre o de sanar o problema antes que descambe para a violência e para que também não haja prejuízo educacional ou no desenvolvimento social dos jovens. Outra meta é reduzir a violência contra os próprios professores, com uma melhor assistência psicopedagógica e psicológica junto aos alunos.

Ainda segundo o parlamentar, a ideia de criar o projeto surgiu após o massacre da escola estadual “Raul Brasil”, em Suzano, na Grande São Paulo, no último dia 13 de março, quando dois jovens mataram seis estudantes, dois funcionários da escola e depois cometeram suicídio.

 

OPORTUNIDADE

O atendimento aos estudantes será obrigatório e feito fora do horário do expediente escolar, em local adequado para as consultas. Além desse suporte, também haverá apoio da assistência social junto à família do aluno, quando for necessário, inclusive com a inclusão em programas sociais mantidos pelo Governo do Estado. Havendo falta de profissionais, cada equipe poderá atender a, no máximo, três escolas.

O curso de pós-graduação em psicopedagogia da Fimi começou no último dia 15 de março, com aulas sempre aos sábados. Porém, os coordenadores do curso reforçam o convite aos interessados, afirmando que ainda há algumas vagas remanescentes.

Também vale destacar que essa pós tem o reconhecimento do MEC (Ministério da Educação) e um custo que certamente cabe em seu orçamento. O professor e mestre Romildo Morelato Junior, diretor da Fimi, salientou que esta é uma ótima oportunidade para quem busca uma especialização de alto gabarito e, ao mesmo tempo, uma boa chance de recolocação no mercado de trabalho.

Estudantes de engenharia mecânica testam teorias em aulas práticas nos laboratórios

Para testar a capacidade de assimilação de conteúdo de seus estudantes, assim como despertar a criatividade latente em cada um deles, o professor e mestre José Donizeti Tagliaferro, que também é o coordenador do curdo de engenharia Mecânica da Fimi (Faculdades Integradas Maria Imaculada), propôs um desafio à classe.

 

Aos futuros engenheiros, foi solicitado que descobrissem soluções diferentes para os problemas que o professor propôs em sala de aula. O desafio teve lugar nos laboratórios do curso de engenharia mecânica da Fimi e foi aceita com entusiasmo pela turma.

 

“A meta era identificar problemas e propor soluções”, reafirmou Tagliaferro. Os estudantes também puderam apresentar suas ideias a partir de conceitos teóricos e testar suas habilidades para solucionar os problemas e superar os desafios. Tagliaferro é um entusiasta das aulas práticas como complemento à teoria.

 

Segundo ele, tudo o que é mostrado em laboratório fará parte do cotidiano desses profissionais. “Portanto é bom que saibam como superar os obstáculos que surgem no dia a dia”, reforçou. E os alunos também aprovam a metodologia do mestre. Eles conseguiram, até mesmo, apresentar relatórios e croquis das máquinas que foram apresentadas, como, por exemplo, o Gerador Van de Graaff.  

 

ATUAÇÃO

Além de Tagliaferro, o curso de engenharia mecânica da Fimi possui um prestigiado corpo docente, com mestres e doutores, atendendo aos

pré-requisitos estabelecidos pelas diretrizes curriculares nacionais do curso de graduação em engenharia, assim como as definições previstas pelo Confea (Conselho Federal de Engenharia).

 

O curso foi aberto em 2019, no período noturno e tem a duração de 10 semestres. Entre outras funções, os futuros engenheiros poderão desenvolver, projetar e supervisionar a produção de máquinas, equipamentos, veículos, sistemas de aquecimento e de refrigeração e ferramentas específicas das indústrias metalúrgicas, de alimentos, química, naval, aeronáutica etc.

 

Fimi oferece curso de pós graduação em engenharia de segurança do trabalho

A Fimi (Faculdades Integradas Maria Imaculada) de Mogi Guaçu, que sempre se destacou pelo pioneirismo no que tange o ensino superior, deu início no último dia 18, ao curso de pós-graduação em engenharia de segurança do trabalho, inédito na região da Baixa Mogiana.

 

O curso foi autorizado pela Câmara de Ensino Superior, órgão ligado ao CNE (Conselho Nacional de Educação), sob a matrícula CES nº1 de 6 de Abril de 2018. Segundo o coordenador do novo curso, o professor e mestre José Donizeti Tagliaferro, a pós-graduação, assim como as demais extensões universitárias oferecidas pela Fimi, será desenvolvida por professores altamente capacitados.

 

EXPERIÊNCIA

“A maioria deles oriundos de grandes empresas e com carreiras de destaque na iniciativa privada. Isso significa que os alunos terão a chance de absorver muita experiência profissional”, observou. Tagliaferro cita, como exemplo, a presença do presidente da AEARMG (Associação dos Engenheiros e Arquitetos da Região de Mogi Guaçu), Alberto Sales dos Santos Brito, que também compõe o corpo docente da pós.

 

Ainda de acordo com o coordenador, o objetivo da pós-graduação é capacitar e preparar profissionais para atuarem no setor de engenharia de segurança do trabalho, onde poderão desenvolver suas aptidões para a promoção, prevenção e preservação da integridade física dos trabalhadores.

 

MEIO AMBIENTE

O curso também dará atenção especial aos cuidados com o meio ambiente, levando em consideração que, nos dias atuais, o uso racional de recursos e o desenvolvimento sustentável são fatores preponderantes. Tagliaferro ainda fez questão de destacar que essa capacitação vai proporcionar aos profissionais da área de engenharia um amplo conhecimento no que diz respeito às relações capital-trabalho-comunidade.

 

Tudo isso, fundamentado em um amplo espectro de disciplinas que compõem o curso. “Também estamos ancorados no sistema de gestão de segurança do trabalho e meio ambiente, integrados aos melhores modelos gerenciais adotados pelas empresas, como ISO 9000, SSO 14000, OSHA 8000, NBR 16001”, salientou Tagliaferro.

 

FIMI realiza aula inaugural do curso de Pós-Graduação em Psicopedagogia

No último dia 15, a Fimi (Faculdades Maria Imaculada) deu início a mais uma inovação pedagógica em seu campus de Mogi Guaçu, com a realização da aula inaugural do curso de Pós-Graduação em Psicopedagogia. O tema foi “Fundamentos de Psicopedagogia” e ficou a cargo da professora doutora Renata.

Com a utilização da dinâmica do “quebra-cabeça”, a professora, que também é uma das responsáveis pelo curso de pós-graduação, ofereceu aos pós-graduando, a oportunidade de refletirem sobre as demandas do trabalho psicopedagógico.

Ainda durante a aula, eles também puderam analisar qual o público alvo a ser atendido pela psicopedagogia e as principais diferenças entre um trabalho institucional e clínico. Apesar da aula inaugural ter sido realizado no dia 15, os coordenadores do curso reforçam o convite para os interessados, já que ainda restam algumas vagas. Vale destacar ainda que a pós-graduação da Fimi tem o reconhecimento do MEC (Ministério da Educação) e um custo que certamente cabe em seu orçamento.

 

Alunas de Estética prestigiam projeto na escola Altair Polettini

Em comemoração ao dia Internacional da Mulher, no dia 16, o Projeto Vida Saudável (Indy Secolin & Ariene Benatti), sediaram na Escola Professor Altair Polettini, uma tarde deliciosa onde ocorreu temáticas importantes e pertinentes ao gênero, como “Saúde da Mulher”, “Empoderamento Feminino” “Violência Contra a Mulher” e “Auto Estima e Bem Estar”, mais uma vez as alunas do Curso de Estética da FIMI (Faculdade Integrada Maria Imaculada) foram convidadas a realizar a Quick Massagem, com o intuito de transformar vidas através do toque.

 

Hospital 22 de Outubro recebe alunas do curso de Estética da Fimi

Para celebrar o Dia Internacional da Mulher, 08 de Março, a FIMI (Faculdade Integrada Maria Imaculada) e suas alunas do Curso de Estética, junto a professora responsável Indianara Secolin, estiverem no Hospital 22 de Outubro, aonde durante todo o dia realizaram a Quick Massagem, uma técnica da Medicina Tradicional Chinesa, com o intuito de promover de forma dinâmica e rápida, um relaxamento e bem estar a todos os colaboradores que ali diariamente proporcionam uma qualidade de vida melhor a todos do município”.

 

Alunas do curso de Estética participaram de evento na OAB de Mogi Mirim

No dia 08 de março, Dia Internacional da mulher, as alunas da graduação em Estética da FIMI prestaram um atendimento de Quick massagem nas advogadas e associadas da OAB de Mogi Mirim.

O Evento foi realizado na própria OAB com um dia cheio de palestras e o atendimento de massagem das alunas.

 

Páginas:1234567...40»