Arte circense foi tema em oficina na Pós de Arte-Educação

O semestre mal começou e a turma da Pós em Arte-Educação já está se divertindo e aprendendo muito!

Ontem foi a vez de receberem o Prof. Luiz Godoy, da ‘InHouse  – Clowns e Circus’, para uma noite cheia de arte circense, com muitos malabares, risadas e análises.

E não acabou: semana que vem tem mais!

Desde já nosso muito obrigada ao Processor Godoy: seja muito bem-vindo!

Ficou com vontade?! Clique aqui e veja como estar conosco na próxima turma, que iniciará em julho!

 

 

Com retomada de crescimento, as engenharias civil e mecânica voltam a ter destaque no país

É comum entre os jovens que acabaram de entrar na faculdade, que haja dúvidas quanto ao futuro da profissão, ainda mais em uma economia como a Brasileira, que andava cambaleante nos últimos anos.

Porém, há boas notícias no horizonte de curto prazo. A primeira delas é que o Brasil parece que está, finalmente, reencontrando o caminho do desenvolvimento econômico.

Há sinais claros da retomada do crescimento industrial, aumento das exportações,  agronegócios a mil e setores como comércio e serviços também apresentando evidências de que já estão em um ritmo mais acelerado.

Isso significa também que, em pouco tempo, as empresas voltarão a investir na qualidade de seus quadros de funcionários, até porque precisam garantir a competitividade no mercado, mas com qualidade.

Entre as profissões que deverão estar em alta nos próximos 8 anos, de acordo com os analistas de mercado de trabalho, estão os engenheiros mecânico e civil.

Para os engenheiros mecânicos o cenário é excelente. Pois esse tipo de profissional é muito procurado para desenvolver, projetar e supervisionar a produção de máquinas, equipamentos, veículos, sistemas de aquecimento e de refrigeração e ferramentas específicas da indústria mecânica. Ou seja, justamente o que acontece quando a economia é retomada.  As indústrias que mais devem contratar engenheiros mecânicos são as do setor de alimentos, metalúrgicas, química, automobilística, naval, aeronáutica, dentre outras.

O mesmo acontece com os engenheiros civis, alvo do mercado da construção civil que está parado há quatro anos, mas com a demanda por imóveis sempre em alta. O país também necessita, urgentemente, retomar as obras de infraestrutura  nesse setor e a engenharia civil é destaque.    Vale destacar que o profissional formado nessa área pode atuar no gerenciamento de obras como casas, edifícios, pontes, viadutos, estradas, barragens, canais, portos e aeroportos. Também é altamente requisitado para fazer análise das características do solo, assim como no desenvolvimento de projetos estruturais, instalações de água e esgoto e saneamento.

Então, não perca essa oportunidade. As Faculdades Integradas Maria Imaculada oferecem cursos de engenharia mecânica e engenharia civil com mensalidade de cabem em seu orçamento.

Volta as aulas: 11/02

Aulas retornam dia 11 de fevereiro.

Engenharia de segurança do trabalho

ENGENHARIA DE SEGURANÇA NO TRABALHO

O Curso

A Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho é um complemento significativo para os profissionais de Engenharia e Arquitetura.  No Brasil, considerando-se o âmbito das empresas, há a necessidade da contratação de profissionais especializados em segurança, quando enquadradas no Art. 162 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) que estabelece a obrigatoriedade das empresas a manterem serviços especializados em engenharia de segurança e em medicina do trabalho, em função do número mínimo de funcionários e a natureza do risco de suas atividades.

Ainda na esfera da obrigatoriedade, destaca-se a elaboração e a implementação do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) que se estende a todos os empregadores ou instituições que admitam trabalhadores como empregados.

Também é importante ressaltar que a certificação internacional OSHAS 18.001(Segurança e Saúde do Trabalho), exige profissionais preparados para atuar no sistema de gestão de saúde e segurança.

Objetivo

A Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho é um complemento significativo para os profissionais de Engenharia e Arquitetura.  No Brasil, considerando-se o âmbito das empresas, há a necessidade da contratação de profissionais especializados em segurança, quando enquadradas no Art. 162 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) que estabelece a obrigatoriedade das empresas a manterem serviços especializados em engenharia de segurança e em medicina do trabalho, em função do número mínimo de funcionários e a natureza do risco de suas atividades.

Ainda na esfera da obrigatoriedade, destaca-se a elaboração e a implementação do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) que se estende a todos os empregadores ou instituições que admitam trabalhadores como empregados.

Também é importante ressaltar que a certificação internacional OSHAS 18.001(Segurança e Saúde do Trabalho), exige profissionais preparados para atuar no sistema de gestão de saúde e segurança.

Objetivos Específicos

Formar Engenheiros de Segurança do Trabalho capazes de:

 

  • Assessorar empresas industriais e de outro gênero em assuntos relativos à segurança e higiene do trabalho, examinando locais e condições de trabalho, instalações em geral e material, métodos e processos de fabricação adotados pelo trabalhador, para determinar as necessidades dessas empresas no campo da prevenção de acidentes;

 

  • Inspecionar estabelecimentos fabris, comerciais e de outro gênero, verificando se existem riscos de incêndios, desmoronamentos ou outros perigos, para fornecer indicações quanto às precauções a serem tomadas;

 

  • Promover a aplicação de dispositivos especiais de segurança, como óculos de proteção, cintos de segurança, vestuário especial, máscara e outros, determinando aspectos técnicos funcionais e demais características, para prevenir ou diminuir a possibilidade de acidentes;

 

  • Adaptar os recursos técnicos e humanos, estudando a adequação da máquina ao homem e do homem à máquina, para proporcionar maior segurança ao trabalhador;

 

  • Executar campanhas educativas sobre prevenção de acidentes, organizando palestras e divulgações nos meios de comunicação, distribuindo publicações e outro material informativo, para conscientizar os trabalhadores e o público, em geral;

 

  • Estudar as ocupações encontradas num estabelecimento fabril, comercial ou de outro gênero, analisando suas características, para avaliar a insalubridade ou periculosidade de tarefas ou operações ligadas à execução do trabalho;

 

  • Realizar estudos sobre acidentes de trabalho e doenças profissionais, consultando técnicos de diversos campos, bibliografia especializada, visitando fábricas e outros estabelecimentos, para determinar as causas desses acidentes e elaborar recomendações de segurança.

Inscreva-se

Nome: *

E-mail: *

Cidade:

Telefone: *

Celular:

Escolha o curso: *

Favor preencher todos os campos que estão marcados com *

Coordenação

Prof. Mestre Jose Donizeti Tagliaferro

FACULDADES MARIA IMACULADA PRESENTE NO 18º CONIC (CONGRESSO NACIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA)

No último sábado, 1º de dezembro, os alunos da Faculdade Maria Imaculada, dos cursos de biomedicina, engenharia civil, estética e farmácia participaram do 18º Conic (Congresso Nacional de Iniciação Científica).
O evento foi realizado na UNIP, em São Paulo, e apoia o desenvolvimento intelectual contínuo dos alunos do ensino superior, incentiva a pesquisa, a arte e a cultura, além de busca facilitar o contato com o que há de mais novo no mercado, ao mesmo tempo em que promove visibilidade e valor aos trabalhos apresentados.
Para os professores-pesquisadores e para as próprias IES (Instituições de Ensino Superior), o evento representa um estímulo ao engajamento dos estudantes de graduação no processo de investigação científica, o que contribui para a formação de profissionais cada vez mais qualificados para o mercado de trabalho.
Além disso, a contribuição científica agrega às IES, um inestimável valor social e institucional. A direção e coordenadores da FIMI parabenizam os alunos e orientadores pelo sucesso na apresentação dos trabalhos e aproveitam para ressaltar a qualidade dos cursos oferecidos pela Faculdade Maria Imaculada, que formam profissionais capacitados, aptos e motivados a realizarem grandes conquistas.

 

FIMI realiza campanha de conscientização da diabetes

O Curso de Farmácia das FIMI realizou no dia 14 de novembro de 2018 no Parque Municipal de Mogi Mirim, uma campanha de conscientização da Diabetes, no Dia Internacional da doença.
O evento tinha por objetivo trabalhar com a comunidade, sobre os riscos, sintomas e modo de prevenção da diabetes.

 

FIMI realiza campanha de fotoproteção

O Curso de Farmácia das FIMI realizou no dia 22 de novembro de 2018 a Campanha de Fotoproteção, o objetivo desta ação é conscientizar o comunidade internada da Faculdade em utilizar protetores solares e com isso diminuir os riscos de câncer de pele.

 

Arte-Educação – Pós

Arte-Educação

O Curso

Visa fomentar a produção e circulação de saberes acerca das diferentes manifestações artísticas e expressivas no campo da Educação, objetivando oferecer possibilidades de formação sensível e crítica frente às características e especificidades da Arte-Educação.

Para tanto, o curso estrutura-se por meio módulos elaborados junto à especialistas das áreas da Arte e da arte-educação, buscando atender às demandas de formação de professores dos Ensinos Infantil e Fundamental e Pedagogos e também de Professores de Educação Artística e de Artes Visuais, todos interessados em elaborar pensamentos e estratégias educativas frente o trabalho com as Artes.

Os conteúdos serão desenvolvidos de diferentes formas, incluindo exposição dialogada, estudos individuais e em grupos e diversas oficinas criativas e atividades práticas em laboratório.

DURAÇÃO ESTIMADA: 18 meses

Inscreva-se

Nome: *

E-mail: *

Cidade:

Telefone: *

Celular:

Escolha o curso: *

Favor preencher todos os campos que estão marcados com *

Coordenação

Profa. Dra. Gabriela Fiorin Rigotti

E-mail: gabifrigotti.arteeducfimi@gmail.com

II Roda de Conversa: diálogos sobre o PPP

No último dia 6 de novembro, as alunas dos 6º e 8º período de pedagogia das Faculdades Integradas Maria Imaculada participaram da “II Roda de Conversa: Diálogos sobre o PPP (Projeto Político-Pedagógico)”, quando discutiram assuntos relacionados à elaboração e implementação desse documento.

Além das universitárias, também estiveram presentes ao encontro, as coordenadoras Elaine Choqueta Coura, da Rede Municipal de Ensino de Mogi Mirim, Eliana Leme Mamede de Lima e Josiane Correa, da Rede Municipal de Ensino de Mogi Guaçu, as professoras Juliana Ormastroni de Carvalho Santos, Sueli Barzon e a coordenadora do curso de pedagogia da Maria Imaculada, Paula Massi.

Segundo Paula, o encontro teve como objetivos, promover a aproximação entre os estudos acadêmicos e as vivências da escola, assim como ampliar a discussão sobre o PPP, de modo a analisar as propostas, modos de elaboração e mudanças previstas nesse documento ao logo da última década.

Ainda durante o encontro, foi proposta uma reflexão sobre as finalidades de um PPP, os elementos indispensáveis a tal documento e características de um PPP de qualidade. Os alunos avaliaram positivamente a participação no evento pois, segundo eles, puderam vislumbrar um pouco mais da realidade escolar e relacioná-la aos conteúdos acadêmicos.

Maria Imaculada participa da Conic 2018

Uma turma de 30 alunos das Faculdades Integradas Maria Imaculada, de Mogi Guaçu, tiveram seus trabalhos selecionados para a 18° CONIC (Congresso Nacional de Iniciação Científica), que será realizado de 30 de novembro a 1º de dezembro no campus Marginal Pinheiro da Unip (Universidade Paulista), em São Paulo.

 

Os alunos fazem parte dos cursos de biomedicina, farmácia, estética e engenharia civil. O CONIC é promovido pelo Semesp (Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior) e reúne milhares de trabalhos de universitários de todo o Brasil.

 

O objetivo principal é identificar talentos, estimular a produção de conteúdo científico, além de viabilizar projetos apresentados pelos estudantes, por meio do exercício da criatividade e de conhecimentos adquiridos em seus respectivos cursos.

 

Vale ressaltar que em 2017, duas alunas das Faculdades Maria Imaculada ficaram selecionadas entre os 10 melhores trabalhos em âmbito nacional. São elas Bárbara Glenda Ramalho (5º lugar) e Maria Paula Rodrigues de Oliveira (10º lugar), ambas estudantes do último ano de biomedicina.

 

O CONIC é realizado desde 2001 e aceita trabalhos de qualquer tema e área do conhecimento, desde que inscritos por estudantes devidamente matriculados em cursos de graduação de instituições de ensino superior públicas ou privadas.

 

Segundo a professora doutora Nádia Regina Borim Zuim, coordenadora do curso de biomedicina da Maria Imaculada, o Conic também é um a oportunidade para que professores, pesquisadores e instituições de ensino superior estimulem o engajamento dos estudantesno processo de investigação científica

 

Ela destaca ainda queo evento também contribui para a formação de profissionais cada vez mais qualificados para o mercado de trabalho.

 

O time das faculdades Maria Imaculada deste ano será formado pelos estudantes Afonso Guardia Manco, Racheli Leite, Suéllen Oliveira dos Santos, Luis Otávio Vilas Boas, Acácio José Vital, Milena Natasha Franceschini, Jessica de Morais Ferreira, Alexandre Rodrigues Saliba, Caroline Rodrigues Candido e Lanna de Oliveira Carvalho Bernardes.

 

Também apresentam trabalho no CONIC, Tainara Letícia Oliveira de Souza, Joyce Aparecida de Campos, Josiane Andressa De Pieri, Diego Henrique Machado, Crisciely Evelyn de Souza, Sara Cristina Santana Bernardes, Thaís Diogo Felício, Maycon Douglas da Silva Perinotti, José Alberto Barroso da Silva, Mario Luiz Torati, Luana Ferreira das Dores Salles, Daniela Chregatti de Aguiar, Tássia Michelle do Nascimento Silva, Deborah Assenço Moraes da Silva, Weverton Luís Marques Fontes, Leonardo Reti, Edgard Rogério Belintani, Luiz Carlos Gomes, Thais Diogo Felicio e Jennifer Caroline Francisco.

 

Páginas:1234567...38»