Projeto Faculdade Aberta

O “Projeto Faculdade Aberta” da Faculdade Integrada Maria Imaculada é realizado desde 2009 em Mogi Guaçu/SP.

O evento apresenta os cursos oferecidos pela Instituição,  aos alunos do Ensino Médio e comunidade em geral,  que conhecem a estrutura da Instituição e seus laboratórios.  Além disso, na Faculdade Aberta os visitantes   podem participar de diversas atividades  que contribuem para a sua formação de maneira multidisciplinar.

Os alunos dos Cursos da FIMI elaboram salas temáticas e dão informações sobre a profissão, aplicando a responsabilidade social com o intuito de  concretizar a missão e objetivos institucional.

O curso de Pedagogia oferece aos visitantes um teste de orientação vocacional, que com a aplicação de questionários pode-se tirar  informações sobre as profissões de acordo com os interesses dos alunos. Muitos adolescentes, em curto espaço de tempo, se já não estão, estarão diante da expectativa de inserção no mundo do trabalho. A maioria dos jovens inicia uma atividade ocupacional sem conhecer as várias implicações dessa escolha.  Portanto o trabalho voltado ao mundo das profissões e projeto de vida, representa um grande desafio. As alunas por meio de atividades demonstram a Educação Especial dentro do contexto das práticas pedagógicas com enfoque na inclusão social.

Alunas do curso de Estética, oferecem orientações sobre os cuidados essenciais ao bem-estar, demonstrando tratamentos como, terapias e massagens  para potencializar, uma melhor qualidade de vida e aumento da autoestima e, consequentemente, bem-estar e saúde.

Alunos do curso de Biologia desenvolvem atividades de educação ambiental. Poucos lugares são tão propícios quanto a Faculdade para se desenvolver como um espaço de discussão e incentivo ao pensamento crítico, quando o assunto envolve desenvolvimento sustentável e conservação ambiental.

O curso de Biomedicina demonstra o trabalho do Biomédico como profissional e educador em saúde.  Desta maneira propicia e incentiva o vínculo entre acadêmicos e comunidade com a orientação de medidas concretas que promovam saúde e bem estar social da comunidade.

O curso de Farmácia informa a população sobre serviços farmacêuticos que podem ser prestados em farmácias e drogarias.  Fornece informação sobre saúde e medicamentos à população por meio de material impresso (filipetas, folderes e orientação individual, no intuito de fazê-la conhecer os agravos a que, conscientemente ou não, se expõem e torná-la, efetivamente, corresponsável pela gestão de sua própria saúde.

Os alunos do curso de Engenharia  demonstram  algumas opções de atuação profissional para o engenheiro,  buscando  a interação dos alunos visitantes  e a comunidade com as inovações do mercado de trabalho e a tecnologia.

Alunos de química industrial esclarecem aos visitantes que o curso, prepara profissionais que estudam a matéria, sua composição e suas propriedades, transformações e combinações. Além de desenvolver novos produtos, faz o controle de qualidade, elabora projetos de processamento, coordena a operação e a manutenção de equipamentos, e cuida do tratamento dos resíduos industriais.  Desta maneira os alunos demonstram para os visitantes a química no cotidiano. Sendo assim, os participantes evidenciam transformações químicas e recebem explicações sobre os conceitos envolvidos na transformação.

O curso de Licenciatura em Letras e o curso de História esclarecem aos visitantes  que além de formar profissionais prontos para lecionar as matérias relacionadas ao curso, mostram a sua relação com a vida. Dentro deste contexto apresentam peças teatrais de fatos históricos antigos e/ou contemporâneos, para aguçar uma reflexão crítica dos visitantes, demonstrando os diversos pontos de vista. Os alunos dos cursos também constroem salas que exploram  não só o estímulo visual  do visitante como também o auditivo, para que visitantes conjugem instintivamente as matrizes audiovisuais da cabeça aos pés. Desta maneira estimulando a Inserção Social,  convidando a todos  a repensar seus modelos e reaplicá-los, adequando-os nas suas ações na prática da condição dos Direitos Humanos a disposição de todos.

O objetivo do projeto Faculdade  Aberta é:

  • integrar a população ao ambiente acadêmico e reforçar aos estudantes da rede pública e particular a importância do estudo na vida de cada indivíduo
  • demonstrar os diferentes campos de atuação dos profissionais formados na Instituição.
  • promover a interação entre os estudantes do ensino médio e a instituição de ensino superior;
  • é compartilhar experiências com estes alunos, abordando as características e as perspectivas de cada profissão
  • contribuir com aqueles que se preparam para o ingresso no ensino superior, podendo orientar na escolha de um caminho profissional”
  • Estimular o pensamento crítico e reflexivo dos visitantes e da comunidade em geral.