Milene, vencedora do Prêmio Lavoisier de Química em 2009, elogia a estrutura das FIMI e seus professores

 Milene Ioko Bergamin Sugimoto, 27 anos, é formada em Química nas FIMI e ingressou na faculdade em 2006, com 17 anos. Ela conta que trabalhou durante todo o período da faculdade. “Foi uma época de cansaço pessoal causado pelo trabalho e os estudos, mas conseguia me dedicar à faculdade, pois sempre tivemos excelentes professores”, lembra Milene.

No segundo ano de faculdade, Milene começou a dar aulas de monitoria para o curso de farmácia e na mesma época, conseguiu, por meio da faculdade, um estágio em uma multinacional, a Mars Brasil, empresa na qual trabalhou por seis anos. “Trabalhar nessa empresa, me deu uma boa base, além de muita experiência na área industrial. Formei-me em 2009 e ganhei o prêmio Lavoisier de Química como melhor aluna do curso. Isso até hoje é um diferencial em meu currículo”, explica.

Hoje Milene trabalha na Cargill como Analista de Laboratório, mas antes, chegou a ministrar aulas de matemática e química para ensino fundamental e médio nos anos de 2013 e 2014, em escolas estaduais e particulares.

Milene faz questão de elogiar os professores e a estrutura que a faculdade oferece. “Toda minha base para vida profissional e toda minha dedicação durante a faculdade me tornaram hoje uma profissional de sucesso. Durante todo o curso, todos os professores sempre nos incentivaram, ajudaram e foram grandes amigos, tenho um carinho especial por cada um deles”, destaca.

“Ainda tenho muitos planos e muito a aprender e crescer, porém hoje me considero uma profissional de sucesso. Por isso, eu digo que amo o que faço, e esse amor foi consolidado durante a faculdade. Meu sucesso profissional e pessoal tem grande participação da época de faculdade”, finaliza.

 

Milene Ioko Bergamin Sugimoto, 27 anos, é formada em Química pelas FIMI e trabalha na Cargill como Analista de Laboratório.