João: Estudar nas FIMI é vivenciar um clima de descontração, alegria e amizade

João Marcos Marques revela que a oportunidade que teve de cursar Licenciatura em História nas FIMI foi para ele algo inesquecível. “O corpo docente não poupou esforços para que meus colegas e eu obtivéssemos um excelente grau de formação acadêmica. Todos os professores insistiam para que aproveitássemos ao máximo todos os momentos de aprendizado, discussão e reflexão durante as aulas”, explica.

Ele conta ainda que ao estudar nas FIMI pôde estreitar laços de amizade com todos os mestres. “Sempre nos incentivaram a ir além de nossas fronteiras, ainda que as mesmas parecessem intransponíveis para nossas vistas ainda amadoras. Quanto às lembranças da época em que ainda cursava a licenciatura, reservo a todas, um lugar especial no rol de recordações da vida: o clima em sala de aula era muito agradável. Gargalhadas, discussões acaloradas, momentos de descontração, alegrias, camaradagem, tudo isso fez parte de minha estadia na turma dos Fazedores de História. Ali éramos uma espécie de família, onde pude aprender algo mais que os conteúdos. Fiz amizades também com alunos dos outros cursos e entre a equipe de funcionários”.

João Marcos faz questão de enfatizar que indica a instituição a todos aqueles que pretendem obter um grau de aprendizado impecável e um nível cultural amplo. Hoje, atuando em sala de aula, João pôde colocar em prática aquilo que adquiriu durante a formação acadêmica. “Usando uma expressão um pouco cômica, porém válida para todos aqueles que assim como eu se dedicam à arte de ensinar, posso resumir o que vivo como professor: O doce da docência se faz com lágrimas e risos, alegrias e tristezas, fadigas e sossegos!”, finaliza.

 

João Marcos Marques, 22 anos, é formado em História e também professor de Educação Básica na Secretaria Estadual de Educação de Minas Gerais (Escola Estadual Coronel João Mosconi)