No último dia 30 de setembro, a FIMI recebeu o “Selo Instituição Socialmente Responsável”, conferido pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), certificando a sua participação na 13ª Campanha da Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular.

Para receber a certificação e o selo, a instituição deve participar das campanhas do Dia da Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular, cujo propósito é o de dar visibilidade às atividades nas áreas de ensino, e extensão desenvolvidas pela Instituição.  O selo tem validade de um ano, e a certificação é renovada com a participação nas edições seguintes.

A FIMI reitera seu compromisso para com a comunidade com a realização dos projetos descritos a seguir:

- GIMI (Gincana da Integração Maria Imaculada): Reconhecida como o Segundo Melhor Projeto de Trote Solidário do Brasil, pela Fundação Educar DPaschoal em 2009.

- Sou mais Ação Saúde Recreação: Projeto de extensão desenvolvido em locais públicos de grande circulação de pessoas, bem como em escolas públicas ou particulares. Tem por objetivo orientar a população por meio de atividades educativas. Durante o evento são executadas várias atividades visando à melhoria na qualidade de vida da população, dentre elas: Pressão Arterial; Diabetes, Prevenção de Obesidade; Campanha Preventiva da Dengue; Análise do Tipo Sanguíneo; Conscientização do Uso de Plantas Medicinais, Campanha Educativa sobre Higienização de Alimentos e Educação Ambiental. Também são desenvolvidas atividades educativas com as crianças presentes, dentre elas desenho livre com pintura de dedo, pintura facial, jogos de regas e histórias infantis.

- Projeto Faculdade Aberta: O evento apresenta os cursos oferecidos pela Instituição, aos alunos do Ensino Médio e comunidade em geral, que conhecem a estrutura da Instituição e seus laboratórios.  Além disso, na Faculdade Aberta os visitantes podem participar de diversas atividades que contribuem para a sua formação de maneira multidisciplinar.  Os alunos dos Cursos da FIMI elaboram salas temáticas e dão informações sobre a profissão, aplicando a responsabilidade social com o intuito de concretizar a missão e objetivos institucional.

- Núcleo de Educação Ambiental “GAIA”: Os integrantes do Núcleo de Educação Ambiental “GAIA”, visitam escolas, empresas, comunidades, realizando palestras, oficinas interagindo desta forma com a comunidade pertencente a todos os grupos sociais. Objetivo é divulgar e difundir a Educação Ambiental promovendo interatividade, com suas ações no estímulo e apoio à participação de diferentes segmentos sociais para a gestãodo meio onde estão inseridos, apoiando e executando ações que venham a fazer com que a população conheça o seu ambiente na busca da melhoria da qualidade de vida, culminando na formulação de políticas para o meio ambiente.

- Farmacêutico na Praça: É uma campanha promovida na região pelo Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo (CRFSP) em parceria com a FIMI (Faculdade Integradas Maria Imaculada), para orientar a população sobre o uso correto de medicamentos, os perigos da automedicação, a importância das medidas de prevenção e do acompanhamento e controle de doenças crônicas.

- Biomedicina em Ação: É um projeto desenvolvido pelos alunos do curso de Biomedicina, com o objetivo de orientar a comunidade por meio de atividades educativas a prática de hábitos saudáveis relacionados à saúde, abordando diferentes temáticas, envolvendo a educação sanitária e ambiental.

- Ciência na Escola: O projeto é desenvolvido por alunos do curso de Química Industrial, que demonstram experimentos científicos nas escolas. O objetivo do Projeto é motivar os alunos para exercitar as ciências e desenvolver a capacidade de refletir sobre fenômenos naturais e como esses fenômenos podem ser explicados cientificamente.

- Farmácia Viva: Visa cultivar plantas medicinais catalogadas, as quais são utilizadas como matrizes para a preparação de mudas doadas a comunidade. Além da doação das mudas das plantas medicinais, o projeto desenvolve ações com os discentes do curso de Farmácia, para que os mesmos orientem os prescritores e a comunidade sobre o uso correto e possíveis riscos decorrentes da utilização das plantas medicinais.

- Doutores da Beleza: Desenvolvido pelos alunos do curso de graduação em Estética, nele são realizadas atividades ligadas com embelezamento, mas principalmente desenvolve nos alunos a valorização e emancipação de valores como solidariedade, caridade e amor ao próximo, aprimora o sentimento de responsabilidade social para com as pessoas de comunidades e instituições carentes.

O diretor da Instituição, centro Mogi Guaçu, Prof. Romildo Morelato Junior, ficou gratificado com o recebimento do selo, e que a Instituição cumpre por mais um ano o seu papel principal, de integrar os conhecimentos produzidos com o oferecimento de serviços à população.

selo_fimi_face